A cadeia de suprimentos e a indústria 4.0

Atualizado: Jul 3

Para a maioria de nós, se não para todos, 2020 entrará para a história como o ano em que tudo mudou. “Nada será como antes ...” - é o que ouço a todo momento!


Fatalismo ou não, fato é que a pandemia do COVID-19 impactou as economias do mundo todo, com sérias consequências para os negócios e para toda a sociedade. As indústrias foram afetadas de diferentes maneiras, dependendo principalmente do setor a que pertencem e de seu tamanho. Em particular, a pandemia expôs claramente as vulnerabilidades das cadeias de suprimentos globais, que se caracterizam por alta interdependência entre grandes indústrias globais e fornecedores localizados em vários continentes.

No entanto, desde muito antes da pandemia do COVID-19, as indústrias globais vêm se valendo de tecnologias da indústria 4.0 como robôs, impressoras 3D e fábricas inteligentes, num esforço de mitigar riscos da cadeia de suprimentos, aumentar a flexibilidade e melhorar o padrão dos produtos. Até em países em desenvolvimento como Bangladesh, por exemplo, fabricantes contratados na indústria de vestuário começaram a substituir trabalhadores por robôs para se adaptarem ao aumento dos salários (Wall Street Journal 2018). Ocasionalmente, essas indústrias também vêm trazendo partes de sua produção de volta para o país de origem.


Vários fatores parecem fortalecer o argumento de que essas duas tendências, automação e regionalização, vão acelerar após a pandemia de COVID-19. Existem razões para acreditar que a reversão massiva da globalização não vai ocorrer (https://iap.unido.org/articles/managing-covid-19-could-coronavirus-spur-automation-and-reverse-globalization), no entanto sabe-se que a tecnologia, embora não suficiente, é essencial para aumentar a resiliência das cadeias de suprimentos, sejam elas globais ou domésticas.


Como construir cadeias de suprimentos mais resilientes?


Com o objetivo de auxiliar empresas, governos e sociedade a estarem melhor preparados para futuros choques, o Fórum Econômico Mundial, em colaboração com Kearney, entrevistou mais de 400 executivos seniores em operações e gerenciamento da cadeia de suprimentos de diferentes setores da indústria, e publicou os resultados no relatório “How to rebound stronger from COVID-19: Resilience in manufacturing and supply systems”. (http://www3.weforum.org/docs/WEF_GVC_the_impact_of_COVID_19_Report.pdf)

Uma das cinco ações apontadas no relatório como mandatórias para criar cadeias de suprimentos mais resilientes é “aumentar significativamente os investimentos em tecnologias avançadas de manufatura”. A quantidade de inovações tecnológicas em potencial no ecossistema de manufatura e suprimentos é promissora - do blockchain e da Internet das Coisas (IoT), à manufatura aditiva (impressora 3D) ou à inteligência artificial (IA), todas podem contribuir para diminuir os impactos de possíveis crises no futuro.

O relatório também confirma que as indústrias que investiram em tecnologia avançada, ao longo dos últimos anos, estavam melhor preparadas para o enfrentamento da crise do COVID-19. Dois grandes benefícios mencionados por essas indústrias foram: 1) visibilidade, de ponta a ponta e em tempo real, da cadeia de suprimentos; 2) habilidade de realizar simulação de alternativas e análises de risco, de forma a reagir rápido e apoiado em dados, na ocorrência de uma crise.

Em outra iniciativa, o Forum Econômico Mundial, em colaboração com Deloitte, publicou uma série de documentos explorando aspectos importantes do uso da tecnologia de blockchain na implementação de cadeias de suprimentos (https://www.weforum.org/whitepapers/inclusive-deployment-of-blockchain-for-supply-chains-part-6-a-framework-for-blockchain-interoperability). Um dos principais produtos desse trabalho conjunto é o Blockchain Deployment Toolkit (https://widgets.weforum.org/blockchain-toolkit/), que descreve as melhores práticas, ferramentas e recursos para o desenvolvimento de soluções baseadas nessa tecnologia.

A pandemia do COVID-19 já nos ensinou várias lições, e uma delas é a necessidade urgente de criar cadeias de suprimentos mais flexíveis, íntegras e interoperáveis de forma a minimizar impactos para os que delas fazem uso, numa possível crise que venha a ocorrer no futuro.


FoodWorks. Alimentamos ideias que mudam o mundo. Inspiramos pessoas a alimentar novas ideias.

Campinas - Brasil 

contato@foodworksweb.com.br

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon

© 2018 Mixdcampinas.com -  Criado orgulhosamente com Mixdcampinas